quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Paris-Amsterdan- Espanha-Itália




PARIS – AMSTERDAN
Estive em Paris e Amsterdan num desses cruzeiros. Paris nao precisa dizer nada. O lugar eh fascinante e diferente do que eu imaginava. Paris e uma cidade enorme, palacios por todo o lado (e eles sao enormes). Amsterdan e uma cidade muito movimentada. Quando estivemos la, era feriado, dia da rainha –e eu nem sabia que havia rainha por aqueles lados...- detalhe: tem bar vendendo maconha em toda a esquina. A gente passa em frente e e um cheiro de maconha que so vendo (ou melhor, cheirando). La a droga leve e liberada, apenas nos bares. Tambem estive no red light district, onde a prostituicao e liberada. As mocas ficam na janela, vestidas de roupas minusculas (nao pareceu nada imoral ou indecente. A gente ve algo muito parecido nas praias do Brasil). Acho que todo o agito que se faz e por que o pessoal pensa que vai ver elas peladas na janela e tal. Um dos tripulantes foi fazer um programa com uma delas e pagou 50 euros. O detalhe e que ele nao pode tocar nela. A moca e que faz tudo...sem graça, ne. Voce paga mas nao pode tocar na mercadoria. Alias, voce so usufrui a mercadoria, nao pode botar a mao....gente mais estranha. A balada em amsterdan e muito irada. Os clubes tocam musica eletronica MUITO boa. Uma vibracao muito boa, de nao parar nunca de dancar.
Visitei Noruega, vi um fjorde que nao sei como escrever o nome, que tambem e dificil de dizer.. tirei fotos. Realizei um outro sonho. Lembro que quando crianca olhava na tv um programa de viagens, todo o sabado. O apresentador mostrava fotos e falava dos locais na europa e tal. Pensava assim, que um dia queria conhecer, mas todo mundo dizia que era coisa cara, que tinha que ter muito dinheiro. Bom, dinheiro nao tenho, mas conheci quase que todo o mundo. Sempre gostei de ver lugares diferente. Algumas pessoas querem ter um carro do ano, uma roupa de grife italiana ou algum bem de consumo exclusivo. Eu gosto de viajar e conversar com pessoas de outros paises. Alguem pode dizer que e uma bobagem. Ate pode ser. Alem de falar ingles, facilmente melhorei meu espanhol. Acho engracado quando alguma cliente espanhola pergunta de que pais eu sou,pois falo sem sotaque. Digo que sou brasileiro e elas acham espantoso, pois acham que sou de alguma parte da espanha (imagina so!). alem disso meu frances esta ficando muito melhor. Toda a semana estou na ilha de corsega, que so se fala frances, entao pra mim esta muito bom. Uma das cabeleireiras no spa é da França. O nome dela é Kazo, uma menina muito legal, gentil e gente boa.
DRAMA, DRAMA, DRAMA ...!
Ora, o que seria um salão de beleza sem um problema ou um drama. Volta e meia acontece algo. Dia desses tive que brigar feio com uma das cabeleireiras pois a bonita sempre movia um ou outro cliente meu para a coluna dela. Coisa mais idiota. Parece que para algumas pessoas, só gritando para elas ouvirem.
Imagina só, estou trabalhando, quando chega uma senhora, falando em espanhol, e pergunta onde fica o restaurante. Digo que fica no outro lado do navio, no mesmo deck. Falo em espanhol fluente, mas ela não entende, faz cara de tonta. Repito a resposta, e ela não entende. Como somos treinados para proporcionar a melhor experiência a bordo, caminho com ela até o corredor e digo para ela ir até o fim do mesmo e irá encontrar o buffet. A tia olha prá mim e pergunta novamente: Onde fica o restaurante. Com muita paciência mostro novamente e digo para ir caminhando, em linha reta, pois é impossivel se perder. Daí ela me olha e diz que não quer ir ao restaurante (!!) quer saber se a parte que estamos no navio é a frente (sim, é) e se depois de sair do porto o navio sai pela frente ou por trás (navio não é carangueijo, não andra prá trás). (pausa. Por dois segundos fico muito aborrecido). Digo para ela que o restaurante fica no fim do corredor e lá eles tem mais informação sobre isso. Detalhe: a outra coroa que estava com ela segurava prá não rir. Gente doida.
Os passageiros perguntam as coisas mais absurda. Em dia de embarque, tudo é uma novidade e tal. O que mais gosto é quando estou respondendo algo para uma pessoa e quatro ou cinco pessoas perguntam ao mesmo tempo; se você responde para uma pessoa, a outra fica ofendida e tem gente que sai falando mal! Na verdade o erro foi dos pais que não ensinaram os filhos aspectos básicos da educação, do tipo, quando um fala o outro escuta. Isso se chama ser civilizado. Que falta de educação! Isso eu ví quando fiz a temporada brasileira. Espanhois e brasileiros são sem muita educação (não todos, claro, mas aqueles deslumbrados que nunca viajaram antes em navio..). uma senhora me interrompeu, enquanto eu explicava para outra onde ficava o cassino, e queria saber qual o número do pier que o navio ancorava (sei lá!). disse que havia somente um porto e um pier, não sabia o número. A mulher me olhou com ar de desaprovação e disse que a irmã dela não ia saber onde encontrar o navio, se não soubesse o número do pier. É que a irmã dessa pessoa mora numa cidade onde o navio ia parar um dia inteiro. Acho meio impossível não ver o navio, afinal ele carrega mais de cinco mil pessoas a bordo, é gigantesco e dá prá ver ele a uma distância enoooorme. Troca a lente dos óculos minha filha.

2 comentários:

@natiinatalia disse...

AHAAHAHHAHAHAHA Tive que rir viu!!! kkk

Sunshine disse...

Olá Rogério... Gostei do teu blog, principalmente porque ando a pesquisar na net sobre blogs de pessoas que trabalhem em cruzeiros, mas no SPA!!!
E fiquei radiante pois o teu foi o primeiro que encontrei, a maior parte dos blogs são de tripulantes de outras áreas!!!
Em Abril de 2012 vou para Londres para academia da Steiner, trabalhar como Massage Therapist e preciso de ajuda... Dicas... Como se faz uma mala de 20 Kgs para 10 meses e não esquecer nada de importante???!!! Coisas desse género, tipo manual de sobrevivência sobre pequenos pormenores que não estão no manual e para quem nunca trabalhou em cruzeiros não sabe!!!
Imagino que não tenhas muito tempo livre, mas se puderes dar uma ajuda seria TOP!!!

Beijo e bom trabalho!!!

;)