domingo, 17 de abril de 2011

Bye, Bye, Brazil!

ABRIL
Terminou a estacao de cruzeiros pelo Brazil. Agora estamos indo para a Europa. Sao seis dias de mar, em direcao a Tenerife. Sera minha primeira vez la. Nao conheco o local. Todos dizem que eh bom para comprar eletronicos, perfumes etc., sem pagar taxas ou impostos.
Hora de rir um pouco.
Estava eu dia desses na recepcao do Spa quando chegou uma passageira que habitava uma das suites mais caras do navio. A bruxa, quero dizer, a passageira, chegou com uma cara de mau humor, falando mal de tudo no navio. Sorri, disse que fariamos o possivel para dar a ela o melhor atendimento para que ela tivesse aqui no Spa uma experiencia agradavel. A criatura amarga me interrompeu e disse que sabia que nao iria gostar do tratamento (gente, que mal humorada!). Eu disse que a manicure que iria atende-la era excelente e muito atenciosa. Ela retrucou dizendo que sabia que o servico ia ser uma droga (!!) olha, nao estou exagerando em nada, a jararaca falou assim mesmo. Tentando, em vao, fazer a mal-humorada sorrir e tirar a nuvem de pessimismo de cima da cabeca, mudei o rumo da conversa e disse, no tom de voz mais amavel e atencioso que existe:”que tal a senhora fazer o cabelo, com uma massagem relaxante? Garanto que a senhora vai gostar, mas se nao for a melhor massagem na cabeca, devolvo seu dinheiro!” a vaca disse bem assim: “nao gosto de fazer o cabelo e tenho certeza que nao vou gostar de voce.” Gente, eu me segurei pra nao rir na cara dela!. Aquela criatura estava longe de qualquer possibilidade de qualquer ajuda. Um dos atendentes me disse que ninguem aguentava mais a megera. Ela aparecia pra reclamar de tudo. Pediu uma mucama (foi essa a palavra que a cobra usou) para ajudar a fechar seu vestido. Olha, mucama se usava no tempo da escravidao. Se a vaca nao sabia, foi abolida em 1888. estudei historia, entao eu sei. Amarga assim, com certeza estava na seca a muitos anos. A velha precisava dar a pussy mesmo.
Entre outras aventuras por mim vividas ou ouvida, quero registrar nesse singelo blog o classico caso das tias que vem no salao e usam sempre a mesma linha de argumento: “ ah, meu cabelo e diferente de todos. Voce tem que lavar assim e assado, fazer a pre-secagem senao ele fica sem vida e bla, bla, bla. Todo o cruzeiro tem sempre uma ou duas tias que pedantemente falam assim. Elas fala como si eu fosse um inguinorante que tava andando na rua e me pegaram pra trabalhar no salao e fazer cabelo. Uma dessa muito deslumbrada (sim, pois sao deslumbradas, usam roupa com lantejoula e gliter, make up pesado, cilios de travesti ¬–nada contra as travesti, ok?- tudo isso a tarde –pra quem nao sabe, nao se usa roupa brilhante durante o dia, ok?) comecou a me explicar como eu deveria lavar o cabelo dela e tal. Eu so me limitei a ouvir. Ela nao fechava a matraca, falava como politico, ininterruptamente. Eu ali, so lavando o cabelo dela e sorrindo (olha, com o clareamento de dentes, eles estao bemm brancos!!). Quando ela se tocou eu matei ela na educacao. “pois e. Tem cabeleireiro que infelizmente nem entende de quimica e etc. No meu caso eu ate entendo alguma coisa, sabe... fiz faculdade e sou formado em Letras..falo fluentemente 4 idiomas...minha ficha como profissional e bem rica, fui tecnico da L’oreal e de outras empresas, onde ensinei cabeleireiros profissionais tecnicas modernas e etc. Ah, inclusive fiz cursos na Inglaterra e Estados Unidos para estar aqui hoje e dar o melhor tratamento para voce. A tia murchou e ficou sem graca. Mudei de assunto e perguntei como era a cidade dela, Curitiba.
TENERIFE – LANZAROTE
Bem no meio do nada fica Tenerife. Todo mundo desceu louco pra gastar o dinheiro das gorjetas. Era gente trazendo tv de lcd, laptop, e tudo o que e quinquilharia eletronica (que alias, gosto muito). Na volta, um barraco na entrada do onibus: um tripulante (soube mais tarde que era de outro navio) furou a fila e uma menina gritou que ele tava furando a fila. Foi uma gritaria geral. Olha o povo tava furioso, mas nao precisava tanto...
A gente pode ir nas excursoes, sem pagar nada, o que eh otimo. No entanto, ajudamos o pessoal do navio a organizar os passageiros pelos numeros, de acordo com os onibus da excurcao e tal. Fui chamando e dando os numeros para o pessoal. Ora, o responsavel pelo setor de excurcao chamou no alto falante os passageiros para um determinado roteiro e salientou VARIAS VEZES para que os outros ficassem sentados, que ele chamaria no momento certo. Em segundos formou-se uma fila ululante de passageiros enlouquecidos, atrapalhando os que deveriam receber o passe para o onibus. Moral da historia: chamava um determinado grupo e AO MESMO TEMPO seis a sete pessoas vinham se acotovelando, mostrando o ingresso de outras excursoes que ainda nem tinham sido chamadas. Uma senhora teve um acesso de louca e disse que estava desde as seis da manha (os passageiros devem chegar as 08:00hs da manha, nao tao cedo!), que fora a primeira a chegar e que nao era justo outros itinerarios serem chamados (?!?!?!) a mulher veio gritando, em minha direcao ate que eu fiquei preso na parede, literalmente. Olha, era tanta gente falando, perguntando, sendo MEGA grosseiras do tipo “ja fiz mais de 10 cruzeiros, isso e uma afronta, etc...). ate parece que todos nos nao cag..mos e nao temos fedor igual se nao tomar banho. A soberba de gente assim passa para os estrangeiros a ideia de que todos no Brasil sao sem educacao. Varias vezes fiquei sem ar e sem voz, falando para a multidao nfurecida, que eu apenas estava ajudando, e que eles deveriam entrar em fila e tal. E eu que achava que o barraco era mais no Spa....!

3 comentários:

Juliana Galante Magalhães disse...

Querido
Estou lendo seu blog, li vários dos seus depoimentos na comunidade do orkut. Cada dia fico mais empolgada com essa aventura... Estou me preparando, sou muito bem formada como terapeuta, mas, preciso deixar meu inglês tinindo urgente!
Beijo grande e bom trabalho
Ju

Lillian disse...

rs... deve ser muito bom trabalhar em navio e conhecer varios lugares... eu ja morei na europa durante 2 anos , sou cabeleireira tbem e estou estudando e me atualizando nesta area de beleza, fiz um curso com a antonela sobre cruzeiros gostei muito , na epoca nao tinha o curso de ingles hoje ja entendo bem, estou me preparando para conseguir uma vaga de trabalho em algum spa de navio. gostei do seu blog Boa sorte em sua vida Deus abençoe

raquel.folli disse...

Lindo ... trabalho em um resort "conhecidissimo"! Trato com pessoas do mesmo naipe e sinceramente, me matei de dar risadas em ler as suas situações vividas por nós aqui também. Continue firme, forte e educado. Adoro ler os seus post.
beijão